terça-feira, 29 de setembro de 2009

Atitude!



Tem sempre o momento certo de agir.

Todo mundo fala em ter "Atitude na vida."

Aquela coisa mais agressiva para virar a própria mesa.

Só que quando chega a bendita hora "A" de atitude, a coragem entra dentro de uma caixa de medo e não sai nem por um milhão. Um milho bem grande!

Você já se pegou ensaiando para falar umas verdades? Nem que fosse um discurso de fim de ano?

Incrível a nossa eloquência nos bastidores da alma!

Conseguimos quebrar geral cantando no chuveiro!
(Quebrar é uma gíria nova que aprendi que significa arrasar no bom sentido.)

Ah! se pudéssemos gravar os nossos pensamentos...magníficos.

Tudo seria diferente, pois já viria com a revisão emocional da nossa fala.

Já perdi a contagem de quantas vezes perdi a razão estando certa.

Geralmente quem é cheio de atitude perde no quesito da emocionalidade no falar.
Mas,
Na maioria das vezes, afinamos quando é exigido um posicionamento na vida. Isso frustra nossa auto-estima.

Vou parar de fumar!
Vou fazer uma reeducação alimentar!
Vou casar! Esta atitude dá aquele friozinho na barriga como quando descemos montanha-russa.
Vou terminar esse relacionamento doentio!
Vou pedir perdão!
Vou mudar de emprego!
Vou voltar a estudar!
Vou...
"Vou" quer dizer que ainda não aconteceu!

Atitude é quando o "Vou " é substituído pelo "Fui".

Atitude é quando nossas intenções sinceras se transformam em ações reais.

"Não posso reclamar do que tolero!"

"O que não posso mudar tenho que aceitar, mas o que não posso aceitar tenho que mudar."

O que não posso mudar?

Minha descendência natural. Não escolhemos os nossos progenitores.

No entanto, posso decidir quem será meu referencial de vida. Jesus Cristo!

O que não posso aceitar?

Uma fraqueza no meu caráter.

Estive em Fortaleza no Beach Park, parque de diversões aquático.
"Fui" no brinquedo chamado Insano. Como diz o seu nome é totalmente insana a queda quase livre deste tobogã.
Vencer a escadaria para chegar até chegar lá, na boca da coisa, já é um evento.
Ver as pessoas caindo verticalmente do brinquedo é de derreter corações.
Posicionar-se dentro dele quando chega a sua vez, cruzar as pernas esticadas e os braços em cima do peito e ....tem que ter peito!

Tem que ter " Atitude insana!"

Fui cinco vezes! Nas cinco vezes arrependi-me no meio do caminho! Mas não tinha como retroceder!

Não retroceda!

Fique firme nas atitudes boas, positivas, libertadoras e saudáveis da vida!

P.S - Descer do "Insano" foi uma experiência de coragem. Estava exercitando minha coragem!

P.S - Quem desistia era vaiado na descida da escadaria até o seu fim.
Tem gente que prefere ser vaiado na vida, menos você! Menos nós!

"É nois!"

5 comentários:

  1. Eh, Bispa! Confesso que tenho Atitude, mas também já perdi as contas de quantas vezes perdi a razão estando certa, por não conseguir controlar a emoção e o meu ser colérico ao falar.
    Descer no Insano é totalmente Insano! Também vivenciei essa experiência maravilhosa, também quis voltar no meio do caminho quando já estava dentro daquele tubo...mas quando cai na água tive o sentimento de prazer: Eu Venci!!!!!
    "...tende bom ânimo; eu venci o mundo" (Jo 16:33)

    ResponderExcluir
  2. Falou e disse Bispaa!!! é isso ai...desistir jamais!! Com um pensamento como esse nao tem como não dar certo na vida!!
    Vivendo e aprendendo!! beeijo
    Camila F- Augusta

    ResponderExcluir
  3. nossa Bispa, descer do insano foi uma comparação perfeita!!!! eu tbm desci mas só uma vez só, rs!!!
    Parabéns... muitoooo corajosa!!!! mas não é de se espantar porque pra seguirmos o Pai é preciso muita coragem mesmo!!! quem sabe da próxima vez que eu for eu desci mais de uma, hahah...
    eu não entro sempre no Blog, mas quando entro tiro o atraso do posts!!!
    Você está de PARABÈNS, suas mensagens são ótimas e claras!!!
    Michelle Bego (Anjos da Moda)

    ResponderExcluir
  4. Bispa,sensacionalmenteinsano.com.br,né??Poderíamos inventar um vírus Gisela Sanchez,e espalharmos na rede mundial,já pensou??As pessoas abrindo seus pcs,e dando de cara com uma palavra destas??Algumas desesperadas,tentando passar um anti-vírus,mas aí,já teria sido tarde demais,pois a semente já havia sido plantada.Maravilhoso!!! Virei seguidora do blog desta mulher!!! uhuuu!!

    ResponderExcluir
  5. Bispa querida...escrevo sob um olhar de vergonha rsrsrsr.

    Estive há 3 anos atrás no Beach Park e não fui capaz nem mesmo de subir as escadas do Insano, preferi a zona de conforto...(que feio!!!)

    Passei a maior parte do tempo na areia comendo deliciosos bolinhos de caranguejo...mas acho que ainda dá tempo de QUEBRAR A BANCA.

    Afinal de contas, somos todos jovens...

    Um grande beijo, você é divertidíssima

    ResponderExcluir