quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Me perdi?

"Não sei bem onde foi que me perdi;
Talvez nem tenha me perdido mesmo, mas como é estranho pensar que isto aqui fosse o meu destino desde o começo". A. Cícero (63) poeta brasileiro.

A fase acima não sei do que se trata na íntegra, pois não li o livro. A questão também não é esta. É que a frase estava abaixo de uma fotografia de um porta bandeira, desses que ficam em frente de palácios, todo enrolado em sua bandeira, por causa do vento. Muito engraçado! O cara estava todo duro e perdido sem saber como proceder protocolarmente na situação. Que nervoso senti por ele. Sei o motivo de tal empatia. Vou contar só pra você!

"A vida pode nos enrolar".

No dia do casamento da minha filha, é eu tenho uma filha casada! Estava grávida do caçula. É eu engravidei tarde! Simplesmente atrasei o casamento em uma hora. Chovia e não sei o motivo, mas meu marido já tinha ido para Igreja sem mim. Só lembro que fui pegar minha cunhada e meu irmão para juntos irmos para a cerimônia, pois sem a mãe da noiva também não dá para começar! Só sei que me perdi na cidade mais improvável de se perder, visto ser pequena e por mim conhecida de mais!
A Bandeira se enrolou na minha cabeça, fundida, por estar casando e quase parindo ao mesmo tempo.
Acabada de vergonha, de barrigão e com cara de samambaia chego na Igreja.
Sentia-me perdida, pois não sabia se chorava ou ria. Procurava encontrar um sorriso amigo, pois minha filha dava voltas no carro. O Noivo esperava a sogra! Uma fila enorme de padrinhos reclamando baixinho.Foi de matar.
Não tenho bússola nenhuma. Nervosa fico sem noção. Definitivamente esta sem dúvida foi a ocasião em que mas me senti perdida e enrolada da vida!
Minhas sinceras consolações à todos aqueles que já passaram por algo tão constrangedor.
Virei conto de fadas de casamentos!
Nunca mais esquecerão e nem eu!
Você está rindo, pois não foi contigo!

3 comentários:

  1. Querida bispa até mesmo nas horas dificeis consegue agir com bom humor,rsrsrs que situação!!!
    Acredito que todos ja passaram por situações constrangedoras que se sentiram enroladas,perdidas,coisas da vida...situação pra ficar na história essa hemmmm.

    ResponderExcluir
  2. Estar perdido é não saber para onde ir. Eu não tenho senso de direção. Quando preciso acertar, preciso estar focada; não sei escrever ouvindo uma música que não escolhi para tocar. Eu mesma tenho que compor o meu ambiente de concentração. Eu admiro muito quem consegue "ficar no fundo sem dar pé". meditando isso, eu descobri uma coisa que favorece-nos: Quem se perde, aprende a andar em caminhos que ninguém nunca ousou trilhar! é claro que em muitas das vezes, esse caminho não nos favorecerá, mas pelo menos, a gente sabe que existe, e pode contar, para que os outros que nunca foram, pasmem!
    Que bom que vc existe!
    LIliane

    ResponderExcluir
  3. Oi, Linda. Foi ótimo ler o seu comentário. Senti-me em casa.KKKKK!
    Obrigada pelo seu carinho!
    Sou eu Bpa Gisela em anônimo. Não sei responder ainda de outra forma!
    beijos no seu lindo coração!
    Eu!

    ResponderExcluir