quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Olhar amigo

Um olhar amigo é tudo que precisamos em momentos difíceis.
Buscamos consolo e alento quando a dor e a incerteza apertam nossas vidas contra o muro.

Não podemos economizar misericórdia no dia dia. Ela é uma jóia preciosa no nosso tempo.

"Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis,
pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes
aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus."
2Timóteo 3:1-4

Os homens serão egoístas!

O que é o egoísmo?
Eu sou egoísta?

A primeira coisa que a gente aprende "antes de nascer" é dizer: é meu!
A segunda coisa é: me dá!

É claro que somos egoístas!
Não se ofenda, por favor. "Somos todos iguais braços dados ou não!" (Geraldo Vandré)

O egoísmo escraviza a pessoa em si mesma. Tudo tem que ser como o egoísta quer. O "outro" existe, mas depois dele.

Dividir irmamente é uma coisa da infância. Crescemos ouvindo isso. Não é?
Lembro que minha divisão era dois para mim e um para meu irmão!
Será que já aprendi a dividir correto?

Por favor, pense sobre o assunto "egoísmo" e poste seu comentário. Quero seu suporte para trabalhar mais o texto amanhã. Obrigada!

quarta-feira, 25 de novembro de 2009

A mão!

Esta imagem é surreal!
Uma mão saindo da areia?
Na verdade são os dedos que estão para fora.
Quando vi esta escultura fiquei impressionada com a ideia do artista. Quais foram os argumentos que ele usou para convencer o prefeito a liberar o projeto?
O que ele quis passar com sua arte?
É impressionante como existem artistas que devaneiam e obrigam os outros a contemplarem sua loucura quer eles queiram ou não. É impossível passar por esta cidade turística e não sentir um certo desconforto diante de tal escultura. Senti vontade de dar a mão e desenterrar o gigante.
Penso que é um brincadeira do artista e que ele quis cutucar a imaginação dos transeuntes.

Perturbador!
Provocante!
Irreverente!

Tem gente que é assim. Interessante!

terça-feira, 24 de novembro de 2009

O que você sente ao ver esta imagem?

Tirei esta foto no lugar considerado como o mais bonito mirante de pôr do sol da América do sul.
Realmente fiquei impressionada pela grandeza do lugar. O sol simplesmente era gigante. As cores do céu variavam e a luz solar fazia um caminho no mar até ao horizonte.
As águas tranquilas vendiam a impressão de eterna bonança.
Suspirei! Estava contemplando uma obra de arte sem noção de magnificiência.
Deus é o Criador.
A criação engrandece ao Senhor sem palavras.
Também fiquei sem palavras.
Eu senti a glória de Deus bem perto.

"Os céus proclamam a glória de Deus,
e o firmamento anuncia as obras das suas mãos.
Um dia discursa a outro dia,
e uma noite revela conhecimento a outra noite.
Não há linguagem,
nem palavras,
e deles não se ouve
nenhum som;
no entanto, por toda a terra
se faz ouvir a sua voz,
e as suas palavras,
até aos confins do mundo.
Aí, pôs uma tenda para o sol, o qual, como o noivo que sai
dos seus aposentos,
se regozija como herói,
a percorrer o seu caminho."

Salmo 19

Esperança vence o desespero

Quem não sabe esperar aprende a desesperar!

O desespero é um sentimento claustrofóbico. Ele te aperta num lugar pequeno e sem solução.
Penso no desespero como um elevador parado entre dois andares. Já aconteceu isso com você?

Muitos salmistas na Bíblia abriram seus corações e expuseram suas dores. Sl 116

"Laços de morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim; caí em tribulação e tristeza.
Então, invoquei o nome do Senhor:
Ó Senhor, livra-me a alma.
Compassivo e justo é o senhor; o nosso Deus é misericordioso.
O Senhor vela pelo simples; achava-me prostrado, e ele me salvou.
Volta, minha alma, ao teu sossego, pois o Senhor tem sido generoso para contigo.
Pois livraste da morte a minha alma, das lágrimas, os meus olhos, da queda, os meus pés."

Acredito que é possível passar por dores e aprender a esperar com paciência pelo Senhor.

Esperar com paciência é vencer o desespero!

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Fé Com Razão

"Fé com razão é um posicionamento de vida aberto para o novo sem cair na alienação religiosa".

Fecomrazao é o meu twitter novo!

Acredito numa fé que se explica também através da razão. Pensar é exercitar a capacidade de reflexão. Nunca veremos um animal buscando a Deus, pois ele não tem "razão". Deus nos convida a arrazoar em Isaías 1:18

"Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã".

Pensar nos leva ao arrependimento!

Ser perdoado por Deus é viver em plena liberdade de escolha.

Obrigada Jesus!

Conclusão do texto "Do pecado original ao juízo final"

O pecado original é o de Adão e Eva. Eles comeram da árvore da ciência do bem e do mal.
Comer deste fruto significou uma escolha por decidir o certo e o errado por conta própria e a revelia de Deus.
O homem não tem condições éticas de criar uma ética universal. A ética humana é sempre relativa e subjetiva.
Só Deus poderia ensinar, mas a história é da forma que foi.
A vida tornou-se difícil!
E agora?
O juízo final está chegando.
Deus fará justiça. A nossa justiça é Jesus.
Ele é o "Adão" que escolheu fazer a vontade de Deus e por isso venceu!
Através de Jesus recebemos a salvação e o perdão dos nossos pecados.
Quem o receber como Senhor, Salvador e o confessar com a boca crendo no coração terá seu nome escrito no livro da vida.
No juízo final este livro será aberto e a justiça será feita.
A vida é do pecado original ao juízo final!

sábado, 21 de novembro de 2009

Porta estreita

A Palavra de Deus educa o ser humano no caminho certo.
Jesus é a porta estreita que nos conduz à Deus.
Jesus é a verdade.
A verdade limpa o caráter do homem.
Para entrar pela porta estreita precisamos emagrecer!
Perder peso dos conceitos errados de vida.
Não podemos manter nossos "achismos de vida" e ainda sim querer viver o cristianismo.
Cristianismo é Cristo!
Cristianismo é uma nova vida centrada em valores eternos.
Jesus não é uma projeção humana. Não podemos definir quem Deus é. Deus é quem nos define!
Jesus não é "barro" em nossas mãos!
Ele é quem nos formata.
Jesus é o oleiro.

domingo, 15 de novembro de 2009

Do pecado original ao juízo final - parte 4

Comercializar o cristianismo é justamente omitir a questão "arrependimento". É mais fácil falar dos benefícios da fé. É mais fácil falar de bênçãos e milagres.
Os cristãos não são vendedores de seguros-divino. Está escrito no Novo testamento que de graça recebemos e na mesma moeda devemos dar.

A Igreja de Cristo não é um clube! Jesus não morreu cinematograficamente. Morreu mesmo!
Ressuscitou também!

Existe a CRUZ!

CRUZ é dor.

CRUZ é mudança.

CRUZ é arrependimento.

CRUZ viabilizou a ressurreição para o homem.

Não se pode negar esta CRUZ!

Comercializar a fé é facilitar o que o próprio Jesus Cristo não o fez. A porta é estreita!
Dar um jeitinho na porta é negar a CRUZ.
Incrível como sempre queremos "alargar" a porta ao invés de ensinar a entrar por ela.

O que é entrar pela porta estreita?

P.S Amanhã seguimos com o texto.

sábado, 14 de novembro de 2009

Continuação do texto - Parte 3

Entrar com tudo no arrependimento é converter o coração e a mente para o bem. Converter é mudar de direção, pensamento e sentimento sobre uma questão ou alguém. Quando uma pessoa se converte seu destino é alterado.

Segunda fase - É quando o mal tornou-se excessivamente ruim, isto é, a pessoa não suporta mais conviver com seu erro constante. A frustração entra em erupção!

O arrependimento que leva a conversão com transformação de vida é aquele em que a pessoa se arrepende não somente do "fazer" coisas erradas, mas de "ser" uma pessoa com atitudes erradas.

Arrepender de "fazer" é sentir remorso. Arrepender de "ser" é conversão. O remorso gera culpa e a conversão promove a transformação de vida.

Comercializar o cristianismo é justamente omitir a questão "arrependimento". É mais fácil falar dos...

P.S amanhã continuamos com o texto.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Continuação do texto "Do pecado original ao juízo final"

Arrepender é voltar atrás dentro do coração. É desejar nunca ter cometido o mal feito.

Bacana, mas é preciso avançar mais neste sentido.

Didaticamente divido a questão abordada em duas fases.

Primeira fase - A pessoa sente que errou e até pede desculpas, mas falta "algo"lá dentro. Segue adiante cometendo o mesmo erro. Fica um resíduo. Um remorso atrapalhando a paz interior.

Nesta fase a pessoa só se arrepende pelo que faz de errado. Ela não entra com tudo no "arrependimento". Não se pergunta por que sempre está comendo o décimo brigadeiro.

- Puxa, não deveria ter comido o décimo brigadeiro.
Fica na areia movediça do:
"Nunca quis, mas sempre fiz".
"Foi sem querer/querendo."

P.S Amanhã continuamos o texto. Pense na frase abaixo, por favor.

"Nós só mudamos quando o mal torna-se excessivamente ruim."

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

Do pecado original ao juízo final

Governar exerce um fascínio.
Até mesmo a criança quando brinca quer o poder.
Ter o centro das decisões é como pilotar um avião. Imagino eu.
Rasgar os céus a jato e, no comando?

Poder. Poder. Poder!

A pregação do evangelho do reino de Deus consiste em poder para governar.
Não sou pós-graduada neste assunto, mas arrisco-me a afirmar que neste caso em específico o exercício do poder e governo precisam passar pelo batismo do arrependimento para remissão dos pecados.

Jesus Cristo começou seu ministério com as seguintes palavras:

"Arrependei-vos porque está próximo o reino de Deus."

O que é arrependimento?
Como se arrepende?
Arrepender do quê?
Por que se arrepender?

P.S AMANHÃ DIA 13/11 , SE DEUS QUISER, CONTINUO O TEXTO.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Você está sendo filmado!

Atenção! Você está sendo filmado.

O aviso estava pendurado na parede atrás do caixa eletrônico. Li rápido e já estava descartando o pensamento quando resolvi pensar de novo.
Percebi como estamos acostumados com a ideia de sermos espionados e vigiados arbitrariamente.

É normal. Ficou normal!

Senti-me presa sendo livre. Quantas filmagens minhas estão por aí?
Pensei em fazer uma careta na hora, mas já passei da fase.
Quem está nos assistindo?
Quem edita o nosso filme?
Como a coisa chegou a este ponto sem darmos conta conscientemente ou eticamente?

É paranóico. Ficou paranóico!

sábado, 7 de novembro de 2009

De A a Z!

A vida é...
A vida vai...

Do nascente ao poente.
Do norte ao sul.

Da cabeça aos pés.
Do Oiapoque ao Chuí.

Da mortalidade a imortalidade.
Do começo ao fim.

Do primeiro ao último.


Do efêmero ao eterno.
Do finito ao infinito.

Do criador a criatura.

Jesus é o "Autor da vida".
Alfa e Ômega.
Àquele que esteve morto, mas vive para todo sempre.
Amém!

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

O absurdo da Graça

A graça de Deus parece ser injusta para àquele que acredita na justiça própria. Fazer justiça com as próprias mãos é uma coisa que fala alto dentro de nós.

"Dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus". Frase famosa de Jesus!

Injustiça é quando damos a César o que é de Deus e vice-versa.
- O que dou ao sistema do mundo que é devido à Deus?
Honra e glória!
- O que dou a Deus que é devido ao sistema do mundo?
Nada ocorreu-me para responder esta pergunta. Talvez estejamos roubando os dois!

"A Graça de Deus é o absurdo que nos salva do mal."

G. Sanchez

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Fé!

A fé de que adianta?
Fé é para crer no impossível!
O impossível é departamento de Deus.
Fé é pura ação intuitiva no poder de Deus!
Confiança. Esperança.
Fé é uma escolha a parte da realidade vivida.
É preciso contrariar a ocasião da vida em si para alcançar promessas de Deus!
Deus é fiel!
A questão é saber sobre a nossa fidelidade.
As circunstâncias alteram nossa fé?
Será que escolho Deus à despeito da realidade contária a minha pessoa?
Desejo crer que sim!

terça-feira, 3 de novembro de 2009

Esses vídeos não são parábolas... são reais!


O mundo não se explica

Angústia é o que experimentamos quando nos colocamos no lugar de Deus, inconscientemente. Quando esperamos ter todas as respostas por obrigação caímos em uma armadilha maligna de crer que somos os salvadores da pátria. Onde está escrito isso na Bíblia?

Quero dizer, com isso, que:

A vida como um todo é uma responsabilidade de Deus e não nossa. Não preciso ser deus. Agir em seu lugar. Não estamos em dois lugares ao mesmo tempo, quanto mais em todos os lugares ao mesmo tempo. Estamos desprovidos de onipotência, mas somos responsáveis em uma parceria. Parceria com Deus! Parece que, as vezes, deixamos Deus sozinhos e por conta própria saímos em uma missão de salvar o mundo sem Ele! Absurdo total! Ninguém nos pediu isso.

Nós temos limites pessoais que precisam ser respeitados sob a penalidade de cairmos em exaustão. Não somos responsáveis pela livre escolha alheia. Mal damos contas das nossas.

Deus é Ele! Eu sou eu! você é você. Estamos Nele, mas não somos Ele!
Somos cooperadores de Deus e não ao contrário! Deus não é office-boy dos seus servos! Ele é Senhor!

" Há algo de muito pessoal no mundo, como se fosse uma obra de arte. Arte de Deus!"

Descansemos em Deus sem baixar a guarda para a vida. Escolhamos e semeemos, pois estamos construindo um futuro a curto, médio e longo prazo. Paciência!

A vida é feita de esperas! Esperança.

Cheguei a seguinte conclusão: Não vou tirar todas as cirancinhas da rua e erradicar a miséria e a injustiça na terra. Com certeza não sou uma das testemunhas descritas em apocalipse.

" Quando olhei para os homens afastei-me de Deus. De mim mesma e de todos. Quando olhei para Deus voltei para o meu lugar e aproximei-me dos homens!" G. Sanchez

Tire o universo da suas costas! Carregue apenas a sua própria cruz e siga Jesus!
O mundo não se explica!

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Guerra entre dois mundos

A coisa "vida" surge sempre polarizada. Vivemos entre dois mundos. Dois senhores. Dois governos. Dois lados da mesma moeda. Isto não significa que Deus e o diabo andam juntos. Não posso imaginar esta cena surrealista. É inconcebível!

"A luz resplandece nas trevas, e as trevas não prevaleceram contra ela."João 1:5

É só fazer um teste caseiro de acender a luz na escuridão do seu próprio quarto.
-Acender o que já é aceso? Como assim?
Na verdade é ligar o interruptor de luz.
Tudo fica claro!
Sol e lua não andam juntos.

Tudo acaba/começa, entre os opostos da vida.
Bem/mal.
Vida/morte.
Coisa/tal!
É um mar salgado/doce de possibilidades.

A vida realmente é muito simples.´
Reino de Deus/império das trevas.
A guerra entre os dois mundos é travada desde a antiguidade.
No entanto, somente o Reino de Deus liberta seus soldados e trabalha pela libertação de todos os demais.

O importante é lembrar que :
"Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes."
Ef 6:12

Nada justifica matar homens e destruir vidas em nome de Deus!