sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Continuação do texto "Do pecado original ao juízo final"

Arrepender é voltar atrás dentro do coração. É desejar nunca ter cometido o mal feito.

Bacana, mas é preciso avançar mais neste sentido.

Didaticamente divido a questão abordada em duas fases.

Primeira fase - A pessoa sente que errou e até pede desculpas, mas falta "algo"lá dentro. Segue adiante cometendo o mesmo erro. Fica um resíduo. Um remorso atrapalhando a paz interior.

Nesta fase a pessoa só se arrepende pelo que faz de errado. Ela não entra com tudo no "arrependimento". Não se pergunta por que sempre está comendo o décimo brigadeiro.

- Puxa, não deveria ter comido o décimo brigadeiro.
Fica na areia movediça do:
"Nunca quis, mas sempre fiz".
"Foi sem querer/querendo."

P.S Amanhã continuamos o texto. Pense na frase abaixo, por favor.

"Nós só mudamos quando o mal torna-se excessivamente ruim."

Um comentário:

  1. mudamos tb quando temos a oportunidadede conhecer a Deus antes que o mal se torne algo muito ruim,foi oque aconteceu em minha vida.
    Creio que sou uma pessoa privilegiada.Amo muito à Deus,ele é o único a quem devemos adorar e confiar.

    ResponderExcluir