sábado, 14 de novembro de 2009

Continuação do texto - Parte 3

Entrar com tudo no arrependimento é converter o coração e a mente para o bem. Converter é mudar de direção, pensamento e sentimento sobre uma questão ou alguém. Quando uma pessoa se converte seu destino é alterado.

Segunda fase - É quando o mal tornou-se excessivamente ruim, isto é, a pessoa não suporta mais conviver com seu erro constante. A frustração entra em erupção!

O arrependimento que leva a conversão com transformação de vida é aquele em que a pessoa se arrepende não somente do "fazer" coisas erradas, mas de "ser" uma pessoa com atitudes erradas.

Arrepender de "fazer" é sentir remorso. Arrepender de "ser" é conversão. O remorso gera culpa e a conversão promove a transformação de vida.

Comercializar o cristianismo é justamente omitir a questão "arrependimento". É mais fácil falar dos...

P.S amanhã continuamos com o texto.

4 comentários:

  1. Então o arrependimento vem do coração por isso a transformação de vida quando este estiver quebrantado entregue a Deus,pois se ele parar,ou,endurecer não há mais vida que dira transfotmação????È isso?

    ResponderExcluir
  2. O arrependimento precisa ser visceral.De dentro para fora. Isso mesmo.Arrepender com todo o ser e com toda a força interior possível.Acompanhe o desfecho da mensagem. Obrigada por participar ativamente.
    Bpa Gisela

    ResponderExcluir
  3. Bispa querida,
    A explicação do ter arrependimento e do ser arrependimento,me tocou muito fundo estava paralizada no ter arrependimento, e vou buscar mais do que nunca agora o ser arrependimento.
    Obrigada por existir e nos trazer lucidez.
    Beijo,
    Andrea Chinaglia

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pelo carinho!
    Sem vcs não teria sentido o meu Blog.
    Bpa Gisela

    ResponderExcluir