terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Um novo tempo

Um novo dia.
É tempo de amanhecer.
Conhecer o conhecido com o olhar curioso.
Sorrir com o mesmo rosto em uma expressão nova.
Andar reto e sempre em frente seguindo a luz do sol da justiça.
Estender a mão e levantar o próximo mesmo daquele de quem não se tem afinidade.
Ser uma ponte!
Falar com esperança.
Pensar com graça.
Gastar a generosidade.
Guardar o coração do mal.
ver o outro com fé.
Respeitar as idiossincrasias.
Viver com paz.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

SER ou não SER

"A única recompensa da virtude é a própria virtude. O único modo de ter um amigo é "SER" um."
R.W. Emerson

"SER ou não SER, eis a questão." Shakespeare escreveu sobre esta questão de "SER".
O Que nós queremos "SER"na vida?
Quem eu SOU?

Nós somos muitas coisas. Somos humanos. Somos inteligentes. Somos sociais. Somos úteis. Somos um SER a vir a SER.
Estamos nos construindo dia a dia nas experiências da vida.
Quando crianças queremos ser profissionais em alguma área bacana.
Ah! quero ser bailarina.
Ah! quero ser médico.
Quando casamos queremos ser felizes. Depois queremos ser pais. Depois queremos ser avós.
Sempre queremos ser alguma coisa boa.
Existem excessões! Há quem queira ser ruim, mas é meio patológico neste caso.
Interessante é que quando pensamos em amizade dizemos: Ah! eu quero "TER" um amigo.
Dificilmente alguém diz: Ah! eu quero "SER" um amigo!

"A questão é SER amigo para TER um amigo!"

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O que os outros pensam

"O que os outros pensam de nós teria pouca importância se não influenciasse tão profundamente o que pensamos de nós mesmos quando tomamos conhecimento da opinião alheia." G.Santayana
(filósofo norte-americano de origem espanhola, 1863-1952)

Há quem diga não se importar com a opinião alheia. Inclusive eu.
Será?
Acreditava piamente que sim, mas hoje penso diferente. Depende muito de quem pensou o que ao meu respeito. Quando alguém importante para nós pensa algo ao nosso respeito seria burrice não considerar. Por outro lado, não podemos conferir a ninguém o poder de determinar quem somos.
Como discernir o que o outro pensa a nosso respeito como uma opinião considerável?
Penso que se houver bondade, integridade e amor nas palavras do outro, o parecer deve ser considerado. Isso não definirá a nossa pessoa, mas mostrará um lado nosso, talvez, oculto.
Todos nós temos pontos cegos. O ponto cego é aquela característica que todo mundo percebe, menos nós.
Quem está de fora percebe melhor uma situação justamente por não estar envolvido diretamente.
Humildade é importante quando ouvimos um parecer ao nosso respeito. Não podemos nos isolar do outro. Em contraponto, também não podemos "morrer" com a opinião alheia.
O que o outro pensa não pode destruir nossa auto estima.
Creio que devemos ouvir quem nos ama e quer o nosso bem. A pessoa pode estar até equivocada, mas sua opinião servirá de instrumento de mudança em nossas vidas.
Servirá inclusive para nos fortalecer dentro daquilo que somos com certeza.
O contrário nos fortalece em nossas posições.
Ter a mente aberta é rejuvenescedor.
Sendo assim, agradeça a crítica e se não quiser jogue-a fora, mas com muita educação.
Porém o mais sábio é considerar e aprender.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

Atire a primeira pedra

Jesus certa vez ao ser questionado sobre a situação de uma mulher pega em adultério respondeu com a famosa frase: Àquele que estiver sem pecado que atire a primeira pedra.
Não consigo pensar em outro discurso de apenas uma frase que tenha feito todos os ouvintes mudarem de direção tão convincentemente como este de Jesus.

O que eu faria no lugar de Jesus?
Como responderia aos meus inquisidores?
O que diria a mulher?

A nossa tendência é elaborar uma tese sobre direitos humanos ou fazer uma manifestação pacífica em favor do não apredejamento da mulher. Creio que neste caso até terminarmos nossos manifestos a pobre mulher já teria sido apedrejada.
Se o caso caísse nas mãos de alguns sociólogos da FUNAI poderia passar como uma questão cultural e ignorado, pois índios enterram nenéns vivos e eles respeitam a barbárie.

Jesus salvou a mulher aplicando a própria justiça dos homens. "Quem estiver sem pecado que atire..."
Ele mandou apedrejar!
O detalhe da ordem dada era saber quem estaria sem pecado para começar o apedrejamento.

Quem está sem pecado?

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Lançando fora o medo!

Imagine-se colocando o medo em uma sacola "biodegradável" e lançando-a ao mar.
Comumente criminosos jogam ao mar seus instrumentos de crime depois de cometê-los.
A intenção é não deixar provas que os incriminem.
O crime não compensa, pois aos olhos de Deus tudo esta patente e visível. Compensa é livrar-se do medo!

"Tornará a ter compaixão de nós...lançará todos os nossos pecados nas profundezas do mar." Miq7:19

O medo é um sentimento de insegurança terrível que rouba a paz e o sossego da pessoa.
O medo é uma música que insiste na sua cabeça dizendo que a coisa já era para você.
O medo te faz ver a luz no fim do túnel como o trem vindo na sua direção.

Para nos livrarmos do medo precisamos substituir os pensamentos destrutivos e de morte por outros de fé em Jesus e na sua Palavra.
Pensamentos bons e verdadeiros vencem pensamentos ruins e falsos.

"Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso que ocupe o vosso pensamento." Filipenses 4:8

É claro que como tudo na vida, os pensamentos precisam ser redirecionados. Reeducação mental! Vai levar um tempo até as coisas entrarem no eixo e ganharem um rítimo, mas a qualidade de vida vai melhorar.

Aprender a pensar certo para ter uma vida saudável é fundamental. Agora, isso não quer dizer que jamais teremos aborrecimentos ou problemas. Certo? Só criança tem pensamento mágico!
Sempre teremos dias difíceis, mas pensando com fé e bem, como no texto de Filipenses acima, saberemos enfrentar as dificuldades e no fim tudo cooperará para o nosso bem.

Receba a paz de Deus em seu coração!
Durma bem!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Dormir bem!

Você dorme bem durante a noite?

O sono reparador a noite é o responsável pelo bom humor do dia seguinte.
Acordou sem disposição?
Cuide-se!
Acontece que a vida turbinada atual promove um stress nos nossos neurônios queimando-os sem dó nem piedade.
O stress é um vilão. É o boi da cara preta que pega àquele que tem medo de careta.
O medo provoca o boi!
Aprendi recentemente com o coaching Homero Reis que o oposto do amor é o medo.
Mas a bíblia em 1Jo4:18 já falava isso. Leia:

"No amor não há medo. Antes o perfeito amor lança fora o medo, porque o medo produz tormento. Aquele que teme não é aperfeiçoado em amor."

Medo e dormir mal estão de braços dados para promover o nosso stress de cada dia.
Precisamos lançar fora de nossas vidas esta dupla maligna.
Como?
Boa pergunta!
Você tem a resposta?
Escreva seu comentário e depois continuo o texto. Obrigada!