segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

O que os outros pensam

"O que os outros pensam de nós teria pouca importância se não influenciasse tão profundamente o que pensamos de nós mesmos quando tomamos conhecimento da opinião alheia." G.Santayana
(filósofo norte-americano de origem espanhola, 1863-1952)

Há quem diga não se importar com a opinião alheia. Inclusive eu.
Será?
Acreditava piamente que sim, mas hoje penso diferente. Depende muito de quem pensou o que ao meu respeito. Quando alguém importante para nós pensa algo ao nosso respeito seria burrice não considerar. Por outro lado, não podemos conferir a ninguém o poder de determinar quem somos.
Como discernir o que o outro pensa a nosso respeito como uma opinião considerável?
Penso que se houver bondade, integridade e amor nas palavras do outro, o parecer deve ser considerado. Isso não definirá a nossa pessoa, mas mostrará um lado nosso, talvez, oculto.
Todos nós temos pontos cegos. O ponto cego é aquela característica que todo mundo percebe, menos nós.
Quem está de fora percebe melhor uma situação justamente por não estar envolvido diretamente.
Humildade é importante quando ouvimos um parecer ao nosso respeito. Não podemos nos isolar do outro. Em contraponto, também não podemos "morrer" com a opinião alheia.
O que o outro pensa não pode destruir nossa auto estima.
Creio que devemos ouvir quem nos ama e quer o nosso bem. A pessoa pode estar até equivocada, mas sua opinião servirá de instrumento de mudança em nossas vidas.
Servirá inclusive para nos fortalecer dentro daquilo que somos com certeza.
O contrário nos fortalece em nossas posições.
Ter a mente aberta é rejuvenescedor.
Sendo assim, agradeça a crítica e se não quiser jogue-a fora, mas com muita educação.
Porém o mais sábio é considerar e aprender.

Um comentário:

  1. O mais importante é prestarmos atenção e ouvirmos as pessoas do nosso convívio.São exatamente elas que nos ensinam;e quando deparamos com alguém parecido,essas nos ensinam mais ainda(espelho).Mas a palavra de Deus diz tb que devemos acreditar nos pensamentos que Deus tem a nosso respeito como diz em Jeremias.
    "As pessoas mudam tanto quando se ferem o suficiente que precisam mudar,ou quando elas aprendem o suficiente para quererem mudar,e receberam o suficiente para serem capazes de mudar".Amei seu texto e este.bjs

    ResponderExcluir