sábado, 6 de março de 2010

A quem eu devo honrar?

“Não se olha para aquilo de que se tem medo de sentir.”

-O que você sente sobre honrar as pessoas? Eu perguntei o que você sente. Ok?

Tudo que nós sentimos é uma conseqüência direta do que realmente pensamos.
O que sinto por alguém é o que penso deste alguém. Se eu pensar mal de determinada pessoa, conseqüentemente meus sentimentos por ela serão afetados. É inevitável!

Para honrarmos as pessoas precisamos aprender a pensar com a palavra de Deus.

“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, se há algum louvor, nisso pensai.” Filipenses 4:8

Honrar é valorizar!

Valorizar as pessoas é imprescindível para uma vida próspera. O primeiro mandamento de Deus com uma promessa é honrar pai e mãe, mas parece clichê em nossos dias.

Valorizar não é bajular! A bajulação é humilhante para quem recebe e para quem pratica a modalidade. É um insulto a inteligência!

“Este povo se aproxima de mim e me honra com os lábios e com a boca, mas o coração deles está longe de mim; o seu temor para comigo consiste em mandamentos de homens, aprendidos de forma mecânica.” Isaías 29:13

A honra começa dentro do coração em uma motivação correta e integra. A falsa honra (bajulação) origina-se na esperteza dos interesses carnais.

Independentemente da pessoa em questão a ser honrada estar de acordo com a nossa crença ou não, ela precisa ser honrada. Por isso, a humildade é o ingrediente fundamental no caso.

“Honrai a todos. Amai os irmãos. Temei a Deus. Honrai o rei.” 1 Pedro 2:17

Nenhum comentário:

Postar um comentário