domingo, 25 de julho de 2010

Os acusadores!

“Àquele que estiver sem pecados que atire a primeira pedra.”

Quem disse esta pérola de sabedoria humana foi Jesus em um momento excruciante na vida de uma mulher, desgraçada, por causa da sua escolha em pecar imperdoavelmente por motivos que jamais saberemos em uma nação religiosa do “olho por olho”, Israel.


-Morte à adúltera!

Toda a humanidade tem uma sede universal de fazer justiça com as próprias mãos. Queremos ver sangue azul, vermelho, real ou plebeu escorrendo. Por quê?
Nosso dedo em riste é uma arma cruel!


Queremos super homens em pedestais familiares que vivam acima de qualquer necessidade básica humana de vida como ir ao banheiro. Precisamos admirar pessoas que nunca nos decepcionem.

Geralmente escolhemos líderes públicos e imbuídos de autoridade espiritual para usarmos como referencial de perfeição humana.

Existe dentro de cada um de nós uma disposição fácil e ingrata de descartar aqueles em quais depositamos nossas esperanças quando eles erram.

Toda nudez será castigada! Precisa ser assim?


Deus sempre quer misericórdia e nós poderíamos ser iguais. Podemos ser! Ainda há tempo.
Muitos tentam com voto de silêncio e pobreza alcançar uma redenção que só é possível pelo sangue do Cordeiro de Deus que tira os pecados do mundo.

Não quer sofrer? Ausente-se da vida!
Não quer perdoar? Seja só!
Não quer pedir perdão? Seja perfeito!
Não quer chorar? Arranque os próprios olhos!


Meu Deus! Não faça nada disso!
Deixe as pessoas ser quem são e viva a sua vida!
Olhe para Jesus que é a exata expressão de Deus Pai.

O homem veio do pó e para lá voltará!


Augusto Cury, psiquiatra cristão, disse: Não precisamos de heróis, mas de pessoas que queiram ser gente. Ele quis dizer pessoas que possam amar ao próximo como a si mesmas. Infelizmente temos visto neste mundo globalizado, banalizado, endinheirado, plastificado, hollywoodiano e invertido em seus valores estressantes do século XXI, justamente o contrário.

Jesus não descartou a amizade de Pedro quando este o traiu por razões pessoais em seus medos únicos.
Não perca as pessoas importantes da sua vida!
Não desista de caminhar mais uma milha!
Dê a sua capa!
Dê a outra face!

Somos todos iguais. Você, eu ou àquela mulher adúltera.
Seja generoso! Feliz! Cristão!
Não atire a primeira pedra!

-Mulher onde estão os teus acusadores? (Jesus)

Nenhum comentário:

Postar um comentário