terça-feira, 3 de agosto de 2010

Fés interrompidas!

Vidas vazias.
Mortes antecipadas.
Caminhos que se cruzam e que vão.
Jornadas sem destino.
Caminhos sem rumos.
Homens combalidos.
Muita razão sem fé.
Tanta fé sem razão.
Pouca fé com razão.
"Pressas"que poderíam ser "Calmas".
Esperanças adiadas.
Fés interrompidas!
Sem Deus tudo é sem sentido.
O Sentido último e primeiro de todas as coisas é tudo que precisamos para existir e viver

Nenhum comentário:

Postar um comentário