segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Tropa de Elite - Caveira!

Assisti ao filme Tropa de Elite. Confesso que a princípio resisti a ideia de ir ao cinema para ver aquelas cenas cruéis e reais da violência nas favelas tão conhecidas em minha terra natal. Sou carioca fui criada no subúrbio do Rio de Janeiro. Mas, fui! Graças a Deus!

O filme é verdadeiro, esclarecedor, emocionante, chocante, cruel e tem uma leveza que não tem explicação. Não saí do cinema pesada ou com raiva do mundo, mas consciente do que já sabia, só que agora de uma forma concreta. Se você for cristão, vai entender muito sobre o mundo tenebroso no sentido de que realmente o sistema jaz no maligno. O sistema mundano é sem salvação. É uma blasfêmia!

O filme mostra duas formas de lidar com o mal que estão corretas, mas que são antagônicas. O filme mostra o benefício do mal para as comunidades carentes que desconhecem as verdadeiras forças por detrás da falsa paz instalada pelas milícias.

As milícias do Rio de Janeiro são como o diabo que dá com uma mão e tira com a outra a sua alma. Sem direito a devolução, a não ser que, o sangue seja derramado. Então, o sangue é derramado!O preço cobrado é o sangue!

O filme impressiona porque não é tendencioso, mas realista e esclarece a verdade como ela é sem apologismos a nenhuma ideologia. Fico imaginando o que será que sente o Governador do Rio de Janeiro, os políticos, certos apresentadores de televisão, donos de jornais e revistas, ao se verem ali representados, ainda que a obra seja de ficção.

O mais impressionante de tudo é como uma imagem fala mais do que mil palavras no final do filme. Nem preciso dizer, já dizendo, que os atores são possuídos pelos seus personagens com uma força estranha. Pela primeira vez na vida assisti estarrecida como a arte imita a vida com perfeição. A platéia aplaude ao fim da sessão como se estivesse numa peça de teatro.

Creio que a verdade é uma só: Todo brasileiro que assistir ao filme sentirá a sua alma lavada gritando "Caveira"! O Brasil quer justiça.

"Bem-aventurados os quem têm fome e sede de justiça, porque serão fartos." Mateus 5:6

Nós cristãos temos que gritar: Jesus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário