quarta-feira, 2 de março de 2011

Deus é inteiro!

"Deus é inteiro e nada faz pela metade. Tudo está consumado!"

Particularmente, sofro em confessar que: Já comecei algumas coisas na vida, não terminei e nem vou, pois não quero mais. Isso, até que, por um lado menos negativo, é favorável a nossa própria incompetência, pois é um direito.

Você tem o direito de parar. Desistir. Mudar de departamento. Decidir fazer outra coisa, mais rentável.

Imaginemos a opressão que seria, ter que terminar tudo que se começa?

Lembro muito nitidamente, como se fosse hoje de manhã, a minha mãe me obrigando a comer tudo que eu havia começado. Um dia ela fez um pudim de pão ,e, como criança que era, estava sem paciência de esperar pela minha porção, educadamente, então, comi um pedaço com a colher, mas na própria assadeira. Foi um choque anafilático para ela e o fim da minha alegria, naquele dia. Fui obrigada a comer tudo até o fim, sozinha! Odeio pudim de pão. Só como pudim de leite.

Graças a Deus que nos dá a vitória em Cristo. Hoje, a vida está mais fácil! Minha mãe não faz mais pudim. Eu, vez por outra, como com a colher na assadeira, mas só começo quando sei que poderei ir até o fim, sem ajuda. Aprendi!

Sei que não é bacana, politicamente correto, abandonar projetos pelo meio. Mas, muitas vezes, é moralmente correto. Todas as situações, desta vida, precisam ser avaliadas dentro de um contexto, certo? A única coisa que não podemos deixar de concluir é o fim da nossa fé, que é a salvação da nossa própria alma.

Procuro viver dentro do padrão: Começou? Vá até o fim!

"Contudo, se o que alguém edifica sobre o fundamento é ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, manifesta se tornará a obra de cada um; pois o Dia a demonstrará, porque está sendo revelada pelo fogo; e qual seja a obra de cada um o próprio fogo o provará. Se permanecer a obra de alguém que sobre o fundamento edificou, esse receberá galardão; se a obra de alguém se queimar, sofrerá ele o dano; mas esse mesmo será salvo, todavia, como que através do fogo". 1 Corin3:12-15

Façamos todas as obras com a intenção de "ouro", para a glória de Deus. Mas, se na metade da coisa, a gente entender que o negócio está sendo feito de madeira para pior, então, neste caso é melhor parar.

Só Jesus disse: Está consumado e não ficou em dúvida.

"Quando, pois, Jesus tomou o vinagre, disse: Está consumado!" Jo 19:30

Nenhum comentário:

Postar um comentário