quinta-feira, 28 de abril de 2011

David Wilkerson, está com o Senhor.

Ontem, dia 27/04/2011, completei 46 anos de eternidade. Comecei a dizer minha idade desta forma, pois entendo que a vida é breve aqui na terra, mas eterna e sem fim, na realidade. A Bíblia nos revela que tudo há de passar, mas as palavras de Deus nunca passarão.

Perguntaram-me: Por que passamos mais tempo mortos do que vivos?

Quando não existe discernimento sobre a eternidade, a pessoa, pensa que a morte encerra com a vida. Mas Jesus disse: Aquele que crê em mim, ainda que morra, tornará a viver. Nós passamos da morte para a vida, quando estamos em Cristo. Jesus é ressurreição e a vida!

Quando o Senhor Jesus venceu a morte, Venceu-a morrendo! Isto é: Ele teve que passar por ela e dizer: Entrega as chaves! A morte não pôde reter o Senhor, pois ela só tem direito sobre o pecador e nunca sobre um justo. "O salário do pecado é a morte!"

Com justiça e santidade, Jesus retomou sua vida e passou pela ressurreição. Desde que venceu, Jesus tornou-se o salvador de todo aquele que nele crê. Para passar da morte para a vida temos que entrar pela porta, Jesus é a porta que nos leva a Deus.

David Wilkerson, servo do Senhor, pregou durante sua vida sobre tamanha salvação. Passou "N" vezes, por situações perigosas, anunciando a vida eterna. Ontem, enquanto eu completava, apenas, 46 anos de vida, ele adentrava no paraíso aos 79 anos de idade. A vida é assim: Tempo de nascer. Tempo de morrer. Tempo de plantar. Tempo de colher. Tempo de guerra. Tempo de paz. Para tudo em que há propósito, existe um tempo certo, determinado por Deus.

Nada levaremos conosco desta vida curta e terrena para o céu. Nesta viagem a bagagem serão as nossas obras realizadas em favor do Reino de Deus e mesmo assim, em memória.

"Eis que cedo venho e recompensarei cada um segundo as suas obras."
Jesus

segunda-feira, 25 de abril de 2011

O que fazer com uma fé cansada?

Tem hora que a coisa do viver em luta, constante, para alcançar os objetivos da vida, cansa. A gente é carne e sangue, suor e lágrimas, fé e razão, família e trabalho, sonhos e desejos, questionamentos e argumentos, corpo, alma e espírito. Precisamos de descontos especiais nas circustâncias e, às vezes, não temos o cupom "Vale uma longanimidade especial" na carteira e fervemos os neurônios, que deixam de fazer as sinapses, necessárias, para o bom senso cristão. Justamente nestes momentos é que podemos, não intencionalmente, nos tornarmos nossos próprios inimigos.(Se eu me levantar, contra mim mesmo, o que será que pode acontecer de ruim? Pois de bom , nada há de vir.)

"Quem ignora o passar pelas canseiras do existir, como uma fase de oportunidade ímpar, não pode aprender a perseverar e a construir novos rumos de vida".

Quando Jesus antes ser preso no jardim de Getsêmani, Mateus 26:30, disse: "Sentem-se aqui enquanto vou ali orar" e levou consigo a Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. Disse-lhes, então: "A minha alma está profundamente triste, numa tristeza mortal. Fiquem aqui e vigiem comigo". Ele estava querendo apoio, no mínimo, dos seus amigos e discípulos. Mas o que vemos no continuar da história é que os discípulos não conseguiram ajudar o seu mestre, por estarem esgotados.

Esgotamento espiritual! A fé cansada leva ao sono da tristeza, isto é, a inércia espiritual. Uma pessoa com a fé cansada perde a capacidade de profetizar sobre a sua própria vida. Ela se cala e dorme na fé, mesmo estando acordada na igreja. No caso dos discípulos, eles, dormiram no sentido literal, mas para nós, hoje em dia, é uma metáfora.

Devemos agir contra a nossa fé cansada das seguintes maneiras, dignas:
  1. Denunciando-a!. "Reconheça a tristeza mortal!"
  2. Faça o que tem que ser feito por obediência. Não se afaste da Palavra de Deus e da Igreja.
  3. Mantenha sua oração no altar de Deus!
  4. Compartilhe sua dor com uma amigo ou um líder, pastor, fiel ao Senhor.
  5. Entenda que tudo passa!
  6. Descanse nas promessas de Deus!
  7. Chore!
  8. Semeie com lágrimas, pois com alegria colherás!
  9. Lembre-se que Jesus sabe o que é padecer, que seguiu em frente, venceu a morte, com coragem, que hoje vivo está, assentado num trono de glória e que intercede por nós, ainda agora.
  Deus é fiel!Faz forte o cansado!Ele vai te Ajudar!

quarta-feira, 20 de abril de 2011

Crer e ver é fé. Ver e crer é incredulidade.

Zacarias, sacerdote e Isabel, sua mulher, não tinham filhos, mas ambos amavam  Deus e o serviam com muito esmero. Um dia o Anjo Gabriel, apareceu no momento em que Zacarias estava servindo no templo, na hora do incenso, e disse: Não temas, Zacarias, a tua oração foi ouvida. Isabel, tua mulher, terá um filho e você lhe dará o nome de João. Vocês ficarão muito felizes, pois o menino lhes dará muita alegria e ele será grande e preparará o caminho do Senhor, convertendo os corações, e etc.

O detalhe deste casal é que eles eram estéreis. Na época, não havia inseminação artificial. Tudo era muito natural! Zacarias, ao invés de agradecer, profundamente, terminar o serviço e voltar correndo e gritando, para casa, contar para Isabel, sua mulher, que eles seriam pais do Joãozinho, agiu como homem, que era, e fez a péssima pergunta: Como posso ter certeza disso? Sou velho e minha mulher é de idade avançada.
  1. Nunca diga, se você for homem, que sua mulher está em idade avançada. É horrível! Anjo não gosta de ouvir isso e fica ofendido por ela.
  2. Reconheço que é meio difícil, um homem, que não seja, poeta, músico, artista ou sensível, sair gritando: Vou ter um filho! Vou ter um filho!
  3. Quem quer ter certeza de uma promessa precisa crer para ver o milagre acontecer!
  4. Fique calado quando não souber o que dizer diante de um anjo, poderoso, e apenas ouça o recado de Deus e diga: Amém!
O anjo, nervoso, ao ouvir a pergunta, incrédula, infeliz, dispensável, desnecessária, inoportuna, inapropriada, de Zacarias, respondeu: "Sou Gabriel, o que está sempre na presença de Deus. Fui enviado para lhe transmitir estas boas novas. Agora você ficará mudo. Não poderá falar até o dia em que isso acontecer, porque não acreditou em minhas palavras, que se cumprirão no tempo oportuno". 

Fico imaginando o quanto Isabel sofreu de ansiedade, querendo saber os detalhes da visão e o Zacarias, agora, além de velho, mudo, como se já não bastasse ser econômico, por natureza, em palavras, como todo bom homem é, tentando entender a explicação dele, através da tabuinha "Imagem e ação", o ocorrido no templo. Deve ter sido duro, viu!
  • Crer e ver é fé. Ver e crer é incredulidade. 

quarta-feira, 13 de abril de 2011

Onde você estava, quando a tragédia em Realengo aconteceu?

Passa pela nossa cabeça muitos questionamentos com relação a justiça de Deus aqui na terra. O que nós precisamos entender é que Deus, muitas vezes, não fará esta justiça que esperamos, no dia que queremos, isto é, imediatamente. A vida aqui, neste mundo, é paradoxal, cheia de controvérsias e versões da verdade. A humanidade é em geral, perversa em suas práticas de vida. Há quem sempre viva a vida como se ela fosse um conto de fadas, mas os verdadeiros contos de fadas eram terríveis, sabia?

Os homens da lei devem promover a segurança do povo e a aplicação da justiça, entre nós, habitantes da terra, que por sinal anda meio temperamental, por causa dos anos de maus tratos recebidos do maior dos predadores que já existiu, o homem. É... você é o maior predador que existe e já existiu!

Entrei no aquário de São Paulo para fazer uma visitinha e lá pelo meio do caminho, tem uma seta, indicando o maior predador de todos os tempos. A gente entra no recinto e se vê em vários espelhos. Dá até para sair do local, meio ofendido, mas falar o quê? É verdade mesmo!

O Homem mata, rouba e destrói. Depois pergunta, com a maior cara de sociopata, sem querer, querendo: O que foi que eu fiz de errado? "Deus é o culpado de ter deixado eu fazer esta besteira!"

Quantas formigas você já matou, apertando-as com o dedo, para ver o fim da vida delas e assistir a destruição das suas trilhas? Já maltratou algum animal? Você é carnívoro? Já assistiu como é a criação de frangos para abate?

Já abortou? Pagou o aborto de alguém? Consentiu com ele? Isto é assassinato de inocentes. Pior! São mães que matam seus próprios filhos! Há quem levante bandeiras defendendo o direito da mulher ao seu próprio corpo. Claro que ignoram a vida do ser humano, sendo gerada, dentro delas.

Quem tem criado videogames violentos, sangrentos ou produzido filmes amorais, de terror, e novelas asquerosas cheias de conceitos invertidos sobre a verdade e enchido a cabeça das crianças e adolescentes na televisão, cinemas e videos? Deus? Creio que não!

Então quando um psicótico, sem medicação, ouvindo vozes do além, entra numa escola e comete um crime sem precedências, aqui no Brasil, pelo menos, a população estarrecida fica sem saber como pensar. Normal!

Quem está vendendo drogas ilícitas? Qual esquema político está por trás disso? É só assistir "Tropa de elite". Quem as estão comprando? Quem são seus usuários chiques? Quem promove a bebida alcóolica para menores? Essa quero responder: Os pais, em festinhas caseiras, com direito ao narguilé! Quem desvia as verbas para educação? Quem desvia as verbas para a saúde? Quem remunera mal os professores?

Gente, é só fazer perguntas sobre os nossos males, de todos os dias! Todas as respostas chegarão aos homens. O homem faz mal ao próprio homem e a terra. Depois, ainda, quer saber como Deus, que aliás, é ignorado, todo santo dia, por centenas de milhares de pessoas, que justamente perguntam por Ele, só nestes momentos hediondos.

A questão não é como Deus deixou isso acontecer, mas como nós, humanos, chegamos a este ponto trágico de psicopatia?

"Nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, pois os homens, jovens, crianças, mulheres serão egoístas, avarentos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, desafeiçoados, implacáveis, mentirosos, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus." 2 Timóteo 3:1-4

- Onde você estava, quando a tragédia em Realengo aconteceu?
Cada um de nós estávamos vivendo nossas vidas e assim continuaremos. Poucos se levantarão para fazerem algo de diferente!

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Deus sara esta nação!

"Não dá para ser feliz na terra, sem esbarrar na desgraça alheia e pedir desculpas".

Realengo, Jesus te ama! Ainda que digam ao contrário. Mesmo que as circunstâncias mostrem outra realidade, que não a do amor.


Quero lembrar aos justiceiros, ateus, de plantão, que: Quem atirou nas crianças foi um homem e com certeza, Deus, não estava aos seu lado incentivando, mas sim, o inimigo de nossas almas, o diabo. O livre arbítrio é a primeira capacidade que aprendemos a usar contra o próximo! Em momentos assim, as pessoas se questionam: Como Deus, deixou isso acontecer? Devemos nos perguntar, no entanto, como foi que chegamos neste nível de ódio e frieza?
 

quarta-feira, 6 de abril de 2011

A Angústia de ser breve na falta de fé!

"Andava a esmo, sem cambalear, mas sem destino. Seus passos largos pareciam saber o caminho, mas ziguezagueava sobre a terra, como quem foge do fogo, correndo, e precisa se desviar dos obstáculos. Seu rosto transparecia o medo dos perdidos, daqueles que em suas almas sabem que devem e não têm como pagar. Seus gritos vazios, batiam no céu de bronze. A paz, cada vez mais longe, galopava sem deixar rastros. Buscava a luz, mas tudo ao seu redor era negro, como a mais profunda das trevas da noite."

A angústia, de existir sem Deus no sentido de Nele não crer, ainda que seja vivo e eterno, a despeito de todo ateísmo ou desprezo humano, é, acima,  por mim descrita, como a percebo, um labirinto de horror sem fim, sem parada, sem água ou pão.

"Diz o insensato no seu coração: Não há Deus." Salmos 53:1

Muitas almas não querem encontrar a verdade, que não foram por elas criada! Simplesmente não querem entender que são criaturas necessitadas do "caminho santo" para acertar a vida verdadeira. Criam suas versões das cores, dos sabores e recebem, merecidamente, as suas respectivas dores. Enquanto se debatem, em suas camas de espinhos, morrem e vivem entregues aos seus próprios desígnios, que se frustram no fel do vazio infinito de suas brevidades.

O desintegrar dos sonhos, das esperanças, das realidades que poderiam ter sido e não foram, por falta da fé, em Jesus Cristo, é o filme mais triste que será assistido por muitos!

As boas novas são que: Tudo é possível para Deus!

Certa vez, Jesus afirmou que uma pessoa, rica, dificilmente entraria em seu reino e que um camelo passaria mais facilmente por um buraco de agulha. Um dos ouvintes,na ocasião, seu discípulo, meio apavorado, exclamou: Então, quem poderá se salvar? Jesus respondeu, dizendo: O que é impossível aos homens, é possível para Deus!

"Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que crerem no seu nome..." João1:12

"Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas às igrejas." Apocalipse 22:16

- Então, clame! grite! chame por Ele!

sábado, 2 de abril de 2011

Fazer o certo deveria ser o esperado e não o inusitado!

Assisti um video no facebook, no qual todos, dentro de um shoping, ignoram uma garrafa pet deixada no chão, propositalmente, ao lado de uma lixeira enorme, destas para lixo reciclável. Acontece que a maioria, lá dentro do shoping, estava fazendo parte de um filme, reportagem sobre a questão da responsabilidade social, com o meio ambiente, e, etc.

Algumas pessoas que não sabiam do combinado passavam pela garrafa como se ela simplesmente não existisse. Outras, até que a percebiam, mas como não haviam sido elas, que as deixará lá, não se sentiam responsáveis em por o lixo no lixo. Então, de repente, uma mulher, passeando, vai até a garrafinha pet e a pega pondo-a no lixo. Para sua imensa surpresa, todos no shoping se levantam, colocam um boné vermelho e a aplaudem exaustivamente e o cinegrafista surge filmando tudo. Impactante!

Reconheço que já deixei de fazer coisas boas, para minha vergonha, simplesmente por não me sentir responsável.

 Fazer o que é certo na hora que uma oportunidade surge é responsabilidade de quem a vive!

A gente reluta com a ideia de que a vida em comum no planeta e o cuidar dele, como se fosse a nossa própria casa, é uma responsabilidade de todos e não de uns poucos militantes. Enquanto assistia ao video, fiquei nervosa com a indiferença da maioria, e, me peguei torcendo para que algum bom samaritano aparecesse e fizesse o que era certo.

O fato de estar de fora assistindo tudo de um lugar privilegiado, isto é, podendo ver o "Todo" da cena em si, é que me pôs a refletir nesta questão, que agora fica abordada no meu blog. Ficou impossível, também, não pensar em Deus, que tudo vê, não somente em partes, mas vê o todo da nossa vida humana, na terra, que ele mesmo criou.

O que será que Deus pensa da nossa irresponsabilidade para com os erros alheios e nossos?
O que será que Deus sente ao ver as consequências da nossa maldade?

Uma coisa é clara: Deus se responsabilzou por nós, quando Adão pecou no Jardim do Éden. Ele enviou seu filho amado, Jesus Cristo, para nos reconciliar com a verdade. Jesus aceitou a missão de se tornar o salvador de toda a humanidade, de todo aquele que nele crer e o receber como tal. Não fomos deixados sozinhos, órfãos, sem esperança na terra! O Espírito Santo foi derramado sobre toda carne!

Graças a Deus que Jesus nos viu quando todos nos ignoravam!