sábado, 2 de abril de 2011

Fazer o certo deveria ser o esperado e não o inusitado!

Assisti um video no facebook, no qual todos, dentro de um shoping, ignoram uma garrafa pet deixada no chão, propositalmente, ao lado de uma lixeira enorme, destas para lixo reciclável. Acontece que a maioria, lá dentro do shoping, estava fazendo parte de um filme, reportagem sobre a questão da responsabilidade social, com o meio ambiente, e, etc.

Algumas pessoas que não sabiam do combinado passavam pela garrafa como se ela simplesmente não existisse. Outras, até que a percebiam, mas como não haviam sido elas, que as deixará lá, não se sentiam responsáveis em por o lixo no lixo. Então, de repente, uma mulher, passeando, vai até a garrafinha pet e a pega pondo-a no lixo. Para sua imensa surpresa, todos no shoping se levantam, colocam um boné vermelho e a aplaudem exaustivamente e o cinegrafista surge filmando tudo. Impactante!

Reconheço que já deixei de fazer coisas boas, para minha vergonha, simplesmente por não me sentir responsável.

 Fazer o que é certo na hora que uma oportunidade surge é responsabilidade de quem a vive!

A gente reluta com a ideia de que a vida em comum no planeta e o cuidar dele, como se fosse a nossa própria casa, é uma responsabilidade de todos e não de uns poucos militantes. Enquanto assistia ao video, fiquei nervosa com a indiferença da maioria, e, me peguei torcendo para que algum bom samaritano aparecesse e fizesse o que era certo.

O fato de estar de fora assistindo tudo de um lugar privilegiado, isto é, podendo ver o "Todo" da cena em si, é que me pôs a refletir nesta questão, que agora fica abordada no meu blog. Ficou impossível, também, não pensar em Deus, que tudo vê, não somente em partes, mas vê o todo da nossa vida humana, na terra, que ele mesmo criou.

O que será que Deus pensa da nossa irresponsabilidade para com os erros alheios e nossos?
O que será que Deus sente ao ver as consequências da nossa maldade?

Uma coisa é clara: Deus se responsabilzou por nós, quando Adão pecou no Jardim do Éden. Ele enviou seu filho amado, Jesus Cristo, para nos reconciliar com a verdade. Jesus aceitou a missão de se tornar o salvador de toda a humanidade, de todo aquele que nele crer e o receber como tal. Não fomos deixados sozinhos, órfãos, sem esperança na terra! O Espírito Santo foi derramado sobre toda carne!

Graças a Deus que Jesus nos viu quando todos nos ignoravam!

Um comentário:

  1. Muito legal bispa. Adiciona o link do video ou o nome pra gente ver e compartilhar com os nossos discipulos
    muito obrigado
    péricles

    ResponderExcluir