domingo, 8 de maio de 2011

Às mães!

Mãe é mãe, mas é gente e passa rápido de mais por nossas vidas.

A criança olha para a sua mãe com adoração, quando é pequena. Creio que receber este olhar é o maior privilégio concedido à mulher, por Deus.

Vou guardar em meu coração para sempre este amor em estado puro que recebi dos meus filhos, pois eles crescem e suas prioridades também, em direções diferentes.
Sempre chega o dia, que ao invés da mãe receber o presentinho feito na escola, recebe uma ligação de feliz dia das mães.

Claro que os almoços, presentes, cartões, telefonemas e homenagens, são bacanas e tornam a vida mais feliz, mas nada se compara ao "Olhar de adoração".

Quero dizer à todas as mães que, como eu, sabem a verdade: Ser mãe é um caminho afetivo de muita doação incondicional, para se espelharem em Maria, mãe de Jesus. Ela soube deixar ir o seu filho querido, quando o tempo dele partir chegou, em um dia comum do seu dia a dia. Maria
Ainda foi atrás, como todas nós vamos, mas nada mais estava em seu controle.

Mães, sejam felizes em serem filhas de Deus e sejam presentes em todos os momentos possíveis na vida de seus filhos, enquanto o puderem ser. Guardem em seus corações, os choros, com aqueles olhares de adoração e de súplicas de colinho.


Feliz dia das Mães!

Nenhum comentário:

Postar um comentário