segunda-feira, 31 de outubro de 2011

domingo, 23 de outubro de 2011

Quem Deus é te faz verdadeiramente feliz!

Descubra o quanto você é capaz de ser feliz sendo agradecido à Deus por tudo que Ele é.

Normalmente entendemos a felicidade como um estado de alma no qual tudo se tem. Nossa sociedade está presa emocionalmente aos bens materiais. O homem precisa das suas coisas para poder sentir que é feliz. Ele precisa da sua casa, do seu carro, das suas vestimentas de marca, das suas viagens, dos seus lazeres e de tudo que possa ver e desfrutar.

A gente precisa tocar nas coisas visíveis da vida para se convencer que é feliz.

O triste é que com o tempo os bens vão se tornando comuns por mais que sejam valiosos. As coisas perdem o poder de encantamento ou melhor, o homem perde a capacidade de se encantar com a vida. Tudo fica sem sentido quando valoramos a felicidade por este prisma.

Aprender que ser uma pessoa é mais do que ter as coisas é o caminho para a verdadeira vida plena em Deus.

A verdade liberta você do vazio da existência neste mundo breve e passageiro. Jesus é esta verdade. O Mestre nos ensinou que:

" Porque a vida é mais do que o alimento, e o corpo, mais do que as vestes". Lucas 12:23

Descubra a sua capacidade inata de estar contente em todas as coisas. Seja feliz com Deus, pois Ele é Bom e a sua misericórdia dura para sempre!

quarta-feira, 5 de outubro de 2011

"Ninguém é melhor e nem pior para você do que você mesmo!"

"Ninguém é melhor e nem pior para você do que você mesmo!"

Acredito que uma pessoa sem boa auto-estima vive procurando alguém a quem possa devotar uma admiração invejosa e que quando encontra estabelece uma relação co-dependente de amor e ódio projetando nela os seus desejos de realizações. Claro que esta busca doentia não é feita de uma forma consciente e premeditada.
  • Necessidade de ser sempre agradável
  • Dificuldades em dizer o que pensa
  • Ressentimentos
  • Sentimentos de desvalor
  • Invejas
  • Compulsões
  • Prestatividade excessiva como um meio de estar sempre em cena
  • Possessividade
  • Rompantes de ira e ciúmes
  • Visão distorcida de fatos
As características acima estão sempre presentes na vida de quem se encontra sob o jugo da auto-estima ruim, causando desgastes emocionais. É difícil para quem está de fora percebendo tudo ajudar e é pior ainda para quem está sendo o alvo da "devoção" sair fora deste contexto. Complicado!

Jesus Cristo ensinou e confirmou em suas pregações que nós devemos amar a Deus acima de todas as coisas e ao próximo como a nós mesmos. Neste mandamento vejo a cura para a alma ferida e presa pelo desvalor. A explicação que tenho a oferecer é:

Se o homem amar a Deus de todo o seu coração, com todo o seu ser e acima de tudo estará devotando toda a sua paixão à Ele e será livre de um viver em relacionamentos de co-dependência. Se o homem amar ao seu próximo como a si mesmo estará colocando o seu próximo em um lugar de igualdade, isto é, ninguém lhe será melhor e nem mesmo pior. Fim!

A verdade liberta! O amor cura!