sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Personalidade prostituída!

"Ter a personalidade prostituída pelo glamour do mundo é como vender a alma para o diabo"

O que vem a ser a personalidade de uma pessoa?

A psicanálise teve Sigmund Freud como seu precursor. Ele tentou ordenar em três componentes básicos a vida psíquica humana. São eles: o id, o ego e o superego. O id é a instância inteiramente inconsciente; o ego, a instância consciente; e o superego possui aspectos inconscientes e aspectos conscientes. Freud, Pai da psicanálise.

O id é a parte mais primitiva da personalidade, o sistema original com o qual o recém-nascido já nasce. Ele é formado por instintos, impulsos orgânicos e regido pelo prazer. Contém tudo o que é herdado dos pais, que se acha presente no indivíduo desde o nascimento, ou seja, aquilo que está presente na constituição do ser da pessoa. O id é um componente fundamental da estrutura da personalidade. É a estrutura original, básica e mais central da personalidade.

O ego busca o prazer em contato com a realidade. É a parte do aparelho psíquico que se desenvolve a partir do id, para atender e aplacar suas exigências. Tem como tarefa garantir a saúde, segurança e sanidade da personalidade. A sua função é enfrentar a necessidade de reduzir a tensão e aumentar o prazer. Busca controlar ou regular os impulsos do id, de modo que o indivíduo possa buscar soluções menos imediatas e mais realista.

superego, que representa o aspecto moral dos seres humanos; o seu desenvolvimento ocorre quando os pais, ou outros adultos, transmitem os valores e as normas da sociedade para a criança. O superego é a última parte da personalidade e se desenvolve a partir do ego. Atua como juiz censor dizendo para o ego o que é certo e o que é errado sobre as atividades mentais e pensamentos do ego. É o depósito dos códigos morais, modelos de conduta e dos construtos que constituem as inibições da personalidade.
Referência Bibliográfica:
FADIMAN, James; FRAGER, Robert. Teorias da personalidade. São Paulo: Harbra, 1986.

Prostituir a personalidade é permitir que o id da nossa personalidade fique livre, conscientemente disso, do seu ego e superego, por amor ao glamour do mundo. É como deixar uma caminhão, sem freio e motorista, descer ladeira abaixo. É como soltar um leopardo dentro de uma creche. É vender a alma para o diabo! É uma destruição do ser!

Hoje, em todas as áreas da nossa vida aqui na terra, as pessoas estão aderindo a este compromisso com o prazer acima de tudo. Isso é assustador! Estamos em uma sociedade hedonista.

Na Palavra de Deus está escrito que nos últimos dias os homens seriam amantes de si mesmos, ególatras. O que fazer, se caso o leitor não quiser essa realidade dentro da sua vida e casa?

A resposta é simples...

Precisamos voltar para Deus, em Jesus Cristo, e, com a sua maravilhosa graça, despertarmos dentre os mortos, caminharmos na luz do evangelho sendo guiados pelo Espírito santo. Em outras palavras, sendo direta e objetiva: Precisamos nos arrepender desta prostituição e praticar os ensinamentos de Jesus, O Cristo, Filho do Deus Vivo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário