terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Quem pode entender os próprios erros?

Quando alguém pergunta sobre como estamos, a resposta, automática, é quase sempre: Estou bem! Estampamos um quase sorriso, clássico, canto de boca ou um "colgate", mesmo. Às vezes, estamos bem de verdade, motivados, cheios de planos, sem angústias maiores, com dinheiro sobrando e coisas do gênero, que nos dão a sensação de que mil cairão a direita e dez mil a esquerda, mas que não seremos atingidos. A Fé vai de vento em popa!

Em outras vezes, estamos "mais ou menos", bem menos e enfrentando frustrações, pensando bobagens, querendo parar na sombra, olhando para os lados e vendo o sucesso alheio, atravessado nos sentimentos. Nestas horas, penso em responder que a vida é uma coisa difícil e que por mim, Jesus poderia voltar já! Noutro dia, me fizeram essa pergunta e de bate-pronto, disse: Eu estou o que sou!

Foi uma resposta evasiva, meio rude, objetiva, sem cerimônias, atravessada na garganta, mas totalmente verdadeira. Naquele momento refleti no que estava dizendo e tudo acontece em segundos, nos pensamentos, então, senti uma vontade enorme de rir, pois a pessoa não esperava minha rebatida tão forte. Óbvio!

Se alguém conhece um pouco sobre o "como" você é e recebe a resposta que dei, fará suas análises e talvez, tente chegar mais perto, fazendo uma outra pergunta, tipo: Como assim?
É aí que o "bicho pega"! Explicar como se está para o outro é cansativo, mesmo que seja um desabafo.

-Você quer desabafar? Sim? Ótimo. Não? Meu!

" As frustrações na alma são mais difíceis de domesticá-las do que os leões, pois elas estão dentro do coração."

- Quem pode entender os próprios erros? Expurga-me tu dos que me são ocultos. Salmos 19:12

Hoje, entendo que: Sempre estamos, o que somos. Isso é bom e também ruim. Somos a imagem e semelhança de Deus, aleluia, mas também somos pó! Por isso, é natural sentir-se ladeira abaixo, dentro de um caminhão, sem freios e sobrenatural, sentir-se ladeira acima, dentro de uma Ferrari do ano. A vida parece uma gangorra! Graças a Deus que nos dá a vitória em Cristo!

"Em tudo somos atribulados, mas não angustiados; perplexos, mas não desanimados;perseguidos, mas não desamparados;abatidos, mas não destruídos." 2 Corin 4: 8/9

A única certeza que temos é que se formos fiéis até a morte receberemos a coroa da vida. Apocalipse 2:10










2 comentários:

  1. Maravilhosa essa reflexão amiga. Muito boa mesmo. Ainda bem que Deus fez você para nos passar coisas tão boas. bjs no seu coração tão lindo. Te amo. Enoan

    ResponderExcluir