terça-feira, 12 de março de 2013

269-0167 Pretinho lindo! TRIM!!!!

269-0167 Este era o número do meu telefone no Rio de Janeiro em um tempo que ter uma linha era fazer um investimento. A gente comprava várias linhas e depois vendia, ou seja, fazia-se negócios. Na minha casa tinha um neste modelo, pretinho lindo, acima. Não vivia empoeirado não, mas lustroso! Posso fechar os olhos e ouvir o TRIM!!!! barulhento dele soando pela casa e meu avô atendendo de um jeito bem peculiar: Alau! Que figura, meu avô!
Óbvio que este número telefônico já não existe, mas foram anos e anos e até hoje é o único número que nunca saiu da minha mente. Ele é inesquecível!Faz parte da minha infância e do início da minha juventude que perdura até hoje.

O mundo globalizou muito rápido. Passamos mil anos em décadas, apenas. Pelo menos, é assim que sinto, quando vejo um desses aparelhos, sobreviventes, sendo vendidos. Custam caro, agora! O legal é que você tem que enfiar o dedo indicador nos buraquinhos que ficam em cima dos números e rodar todos aqueles que são precisos para completar a chamada. Tinha fila! Às vezes, vinham os vizinhos pedindo para usar...Era emergência!

Me sinto vivendo dentro do desenho dos Jetsons. Alguém lembra deles? Era a família do futuro!Procura no Google!
Nós vivemos no futuro, mas só que no presente!

Não sei qual futuro meus filhos e netos irão encontrar, em termos de modernidade e avanço tecnológico, mas hoje vi imagens do planeta Marte, um grande deserto montanhoso, que mexeram comigo. Fiquei pensando...A NASA chegou em Marte com duas máquinas que voaram em uma velocidade "sei lá" e que pousaram "não sei como" com sucesso.

Acredito que estamos para dar um grande salto como indivíduos e um pequeno passo como
humanidade. Diferentemente do que disse o primeiro astronauta ao pisar na lua, Neil Armstrong. Digo isso, por que vejo que o caminhar das coisas aponta para um "crash" de recursos naturais aqui na Terra. Será que vamos mudar para Marte?

Eu creio que vou para o Reino de Deus! A eternidade é e será um grande salto para nossa humanidade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário