terça-feira, 19 de março de 2013

Não sei o que a vida vai fazer, mas eu sei o que quero fazer com ela!

não vejo as coisas como antes as percebia. Penso diferente sobre quase tudo que sentia. Minhas mãos tocam tudo desta vida que me rodeia e minhas impressões digitais vão se espalhando, sem nunca se perderem, no invisível desta vida. Não sou expectadora do tempo do tempo, mas observo-o passando. Não entendo quase nada de como a nossa existência segue uma história que parece ter sido escrita, em cada detalhe, mas com tudo ainda, por ser escolhido individualmente, neste universo dinâmico em expansão e ainda que saiba que todo um futuro virá a ser um passado imóvel, tendo atravessado um brevíssimo presente, como quem anda por uma ponte longa e cumprida e como um vapor que logo desvanece, me surpreenderei com ele, assim como ele é, sem tirar e nem pôr, mas tirando e pondo.

Não escolhi nascer e nem o meu nome. Não vim a existir por minhas próprias escolhas, mas recebo a vida como o maior privilégio, entre todos os demais que possam existir. Crer em Deus é inteligência e por que penso, sou o que sou na misericórdia do senhor. Entendo a eternidade somente pela fé no Filho de Deus, Jesus, o Cristo. Não sei o que a vida vai fazer, mas sei o quero fazer com ela, sendo guiada pelo Espírito Santo! A vida é com propósito. Tenho uma missão.



Nenhum comentário:

Postar um comentário