quarta-feira, 3 de abril de 2013

De quem vem à força para a vida?


De quem vem à força para a vida?

A nossa força vem do Senhor que fez os céus e a terra!

Temos que lidar dia a dia, corpo a corpo, num ir e vir, dormir e acordar, trabalhar e descansar, rir e chorar e tudo o mais, dentro desse sentido, em nossas vidas, como se estivéssemos em um duelo permanente entre o bem e o mal. De fato estamos, enquanto nesta terra e mundo, que jaz no maligno, estivermos neste corpo corruptível, presos no tempo e no espaço. Estamos gemendo, ansiando pela imortalidade desde sempre buscada em fontes de juventude eterna que não existem, mas só nas utopias humanas.

Estamos em guerra, mesmo quando estamos bem e felizes nas circunstâncias que são nossas. Tudo tem um tempo certo para acontecer, mas isso não garante que tudo aconteça nele! As coisas podem não vir para nossas mãos. As frustrações estão aí, pairando sobre nossas cabeças, como moscas querendo pousar em nossas sopas. 

Precisamos de força, energia, vigor, intrepidez, vontade e saúde para construir o futuro que desejamos e ainda sim, nada sabemos, ao certo, de como será o nosso amanhã. Tudo o que temos em nós e basta, é a fé que nos move em expansão para nos levar a saltar barreiras e dificuldades. Não podemos dispensá-la, jamais, nem a esperança e o amor, principalmente.

Se assim é a nossa condição nesta existência primeira precisamos de um constante renovar de sangue, vida! Nossa fé em Deus e em seu Filho, Jesus Cristo, não nos isenta da nossa humanidade e complexidade. “Não creio que estando na chuva não nos molharemos”.

  Jesus suou sangue e não foi por excesso de fé ou falta dela e nem de alegria ou paz, mas de terror, pois sabia o que estava por enfrentar em sua terrena vida humana, mesmo subsistindo como Deus que é e sempre foi.

Jesus sentiu sua vida passar. Pensou em sua vida passando. Viveu o que veio até suas mãos, pois nada podemos receber nesta vida se do céu não nos for dado.

Está escrito na bíblia que o inimigo, o diabo, se pudesse, enganaria até os escolhidos. Quem são os escolhidos? São todos àqueles que aceitam a verdade da salvação em Jesus e que são guiados pelo Espírito Santo de Deus. Os escolhidos receberam o poder de se tornarem filhos de Deus! Os escolhidos têm seus nomes no livro da Vida! Os escolhidos escolheram Deus e a sua palavra. Deus não faz acepção de pessoas! Todo homem é bem vindo até ao seu trono de Amor e justiça, se vier através de seu Filho amado, pelo seu sangue derramado.

Uma coisa todo cristão precisa entender:

Deus trabalha com a verdade e Jesus nunca disse: “Vinde a mim os que estão cansados e sobrecarregados que eu carregarei suas cruzes”. Ele prometeu que acharíamos descanso e alívio para nossas almas e que era manso e humilde de coração. Na verdade, ele falou que todo àquele que quisesse segui-lo, deveria negar a si mesmo e carregar cada um a sua própria cruz.

Por isso, tudo que escrevi em reflexão, olhando para minhas fraquezas, é que quero dizer a todos, que quiserem ouvir, o seguinte: A nossa força interior para fazer as obras de Deus vem Dele mesmo. Quando estamos fracos de nós mesmos, então ficamos fortes Nele!

Tudo podemos naquele que nos fortalece! Podemos suportar todas as aflições desse mundo presente. Podemos resistir ao diabo que ele fugirá de nós. Podemos escolher o monte da bênção. Podemos obedecer as leis divinas. Podemos viver em santidade. Podemos dizer não ao pecado. 

Nós somos mais do que vencedores, pois mesmo em face da morte seremos livres do mal. Ninguém e nada pode matar nossa alma e jogá-la no inferno junto com o nosso corpo. Só Deus é Juiz e define nossa eternidade e quando o Todo Poderoso vê seus filhos, vê você ou a mim, vê o sangue do nosso Cristo e nos perdoa de toda a nossa iniquidade. 

É e seria uma temeridade considerar tamanha bondade, sem levar em conta à severidade da sua graça, que lhe custou à vida de seu único filho, que sofreu sendo inocente, por amor a nós pecadores. 

“Sim...eu amo a mensagem da cruz...”.

“Eis que Deus é mui grande; contudo, a ninguém despreza; grande é em força de coração. Não deixa viver o ímpio e faz justiça aos aflitos. Dos justos não tira os seus olhos; antes, com os reis no trono os assenta para sempre, e assim são exaltados. E, se estão presos em grilhões e amarrados com cordas de aflição, então, lhes faz saber a obra deles e as suas transgressões; porquanto prevaleceram nelas. E revela isso aos seus ouvidos, para seu ensino, e lhes diz que se convertam da maldade. Se o ouvirem e o servirem, acabarão seus dias em bem e os seus anos em delícias.” Jó 36








Nenhum comentário:

Postar um comentário