segunda-feira, 13 de maio de 2013

"Tudo que eu sabia do amor era falta que o amor me fazia". Bianca Toledo

"Tudo que eu sabia do amor era falta que o amor me fazia". Bianca Toledo

Esta frase é inteligente, sensível e poética. Só pode pensar assim, quem de nós, já sentiu o grande vazio existencial da vida, sem Deus ou que mesmo com Ele, às vezes, sentimos, por estarmos focados nas coisas terrenas, apenas.

A gente gasta energia, muito tempo, ignorando a dimensão espiritual da vida. Somos fontes esgotáveis! Somos mortais! Somos frágeis! Só somos grandes em nós mesmos ilusoriamente.

Deus nos criou com recursos de alma e de corpo que se esgotam no tempo e no espaço. Viver consome quem somos. Envelhecemos até mesmo emocionalmente. Vamos vendo a vida e o mundo que nos rodeia com olhares diferentes, conforme nossas vivências e sendo afetados pelas coisas, no dia a dia, que passa e se transforma em anos, décadas. De repente, tardiamente para muitos, um relógio interno desperta atrasado, por nós mesmos, soando seu alarme desesperador mostrando que a vida passou, que o amor está no vermelho, que a juventude se foi, que a esperança está sem bateria, que a perspectiva do futuro caiu da tela pintada, que o bolo de aniversário tem velas simbólicas, que historicamente você já faz parte de alguma ou muitas histórias que já podem serem contadas por terceiros, e, etc.

Foi dia das mães neste mês de maio, ontem e lembrei que meus filhos traziam das suas escolas presentinhos feitos por eles, artesanalmente, com frases escritas erradas, mas cheias de um amor que me faziam sentir única, bem de mais, plena e cheia de toda uma vida pela frente. Este ano de 2013 foi o primeiro no qual nada chegou de nenhuma escola. Percebi de uma vez só que um por um dos meus filhos haviam deixado de trazer essas lembrancinhas, desenhos e presentinhos, eternos, agora só dentro do meu coração.

Escrevi esse texto um pouco saudosista, sim. Afinal, estou sentindo falta das coisas que antes não faziam! No entanto, o importante será entender o texto abaixo e esta frase, aqui ao lado: " Jesus Cristo é a eternidade Conditio Sine Qua Non!"

"Dinheiro faz falta. Carro faz falta. Casar faz falta. Amigo de verdade faz falta. Casa própria faz falta. Férias fazem falta. Chocolate faz falta. SPA faz falta. Dia de folga faz falta. Hotel 5 estrelas faz falta. Bolsa Chic faz falta. Jóias fazem falta. Pele perfeita faz falta. Juventude faz falta. Tantas coisas fazem falta! Porém, mais importante, o que talvez a grande maioria não sinta falta é da sua eternidade com Deus, pois simplesmente ignoram a fragilidade do viver neste mundo, na terra. Jesus Cristo é a Vida Eterna! Ele é o Tudo e o Amor, sem o qual, nada suprirá nossas carências, pois o grande vazio, nosso, humano, é o de alma."





Nenhum comentário:

Postar um comentário